Srimad-Bhãgavatam 5-5-18

gurur na sa syãt sva jano na sa syãt
pitã na sa syãj janani na sã syãt
daivam na tat syãn na patig ca sa syãn

na mocayed yah samupeta mrtyuim


"Mesmo o mestre espiritual, o parente, o pai, o esposo ou o semideus que não puderem salvar-nos dos repetidos nascimentos e mortes deverão ser abandonados de imediato."

Pesquisar este blog

Carregando...
Just try to learn the truth by approaching a spiritual master. Inquire from him submissively and render service unto him. The self-realized souls can impart knowledge unto you because they have seen the truth. - Lord Krishna in Bhagavad-gita 4.34

PETIÇÃO JUDICIAL

PETIÇÃO JUDICIAL
STOP ADULTERAÇÃO
Considerando que nós sentimos que a maioria dos discípulos de início de Srila Prabhupada, e seguidores, nos arredores de mais de 90% - 99% consideram que as alterações aos seus livros pela BBT foi uma acção não autorizada que mudou a filosofia apresentada por Sua Divina Graça , podemos apresentar esta petição aos tribunais de que tais mudanças são uma violação da lei de direitos autorais e também não aceito pela congregação de devotos da ISKCON , mas esta adulteração foi autorizada pelo GBC.

quinta-feira, 25 de março de 2010

Escreva para ele para tirar suas dúvidas!


Queridos Maharajs, prabhus, didis,

por favor aceitem minhas reverencias.

Eu tenhou ouvido que nosso Srila Prabhupada tinha dito que nós podiamos se aproximar de duas pessoas para conhecimento: Seu irmão espiritual Srila BR Sridhara Maharaja, e Srila Narayana Maharaja da Kesavaji Gaudiya matha em Mathura.

Quando Sua Santidade Tamal Krishna Goswami pessoalmente me admitiu no começo de 1985 que Srila Prabhupada não apontou nenhum deles como gurus, eu estava prestes a deixar a Iskcon devido “politicas de gurus”.

Eu estava orando intensamente a Srila Prabhupada para me enviar um sadhu genuino para me ajudar. Eu entao encontrei Srila Gour Govinda Maharaja, e estava tão impressionado pela sua devoção, conhecimento e caráter santo que eu decidi, que enquanto houvesse um sadhu como ele na Iskcon, eu não teria que partir e tomar abrigo de outro Vaisnava santo. Eu me aproximei dele para siksa e ele me disse claramente que uma vez que eu estava orando para Srila Prabhupada por ajuda, Prabhupada lhe contou para me ajudar.

Eu recebi siksa dele por dez anos. Quando nós lhe perguntamos porque ele não ia para Vrindavan e somente ficava pouco em Mayapura, ele respondeu que ele não tinha que ir para Vrindavan para pregar uma vez que Srila Narayana Maharaj
estava lá, nem para Mayapura uma vez que Srila Bhakti Promode Puri Maharaja estava lá, e que eles três estavam “cobrindo” as necessidades de pregação nos três principais dhamas dos Gaudiya Vaishnavas.

Nós lhe perguntamos sobre Srila Narayana Maharaja e ele disse que ele era um Vaisnava puro. Quando nós argumentamos que ele não estava na Iskcon, ele respondeu, “are baba! Iskcon, não Iskcon, Vaisnavismo não é tão estreito! Vaisnavismo significa mente-aberta, não sectário.”

Portanto, quando Srila Gour Govinda Maharaja partiu em 1996, eu imediatamente fui consultar Srila Narayana Maharaja em Mathura, lhe contando que eu estava desolado, em luto pelo meu siksa-guru. Com grande compaixão ele me contou que se ele pudesse me ajudar de alguma forma, ele teria prazer em fazê-lo.

Eu comecei a ler os seus livros e estava impressionado. Mas, como todos nós na Iskcon, eu tinha sido vacinado intensamente, contra a Gaudiya Matha, portanto eu estava desconfortável apesar da atração eu estava sentindo da sua personalidade benevolente e despretensiosa. Depois de o visitar na Englaterra na sua primeira turne em 1996, eu tive a surpresa de ver que ele viria a França no próximo ano. Eu vi que todos os devotos franceses, incluindo irmãos espirituais que eu nao via a uns dez, quinze ou vinte anos, vieram.

Parecia que nosso Srila Prabhupada tinha reunido todo mundo, dando a todos uma chance de ouvi-lo. Eu estava traduzindo suas aulas, e ele estava literalmente derramando uma chuva de néctar e demonstrando grande compaixão e cuidado a todos. Seus discipulos indianos disseram que eles estavam impressionados e que nunca ouviram ele falar assim mesmo na India.

Eu comecei a traduzir seus livros como um seva, como Srila Gour Govinda Maharaja tinha nos perfurado sobre importancia de sadhusanga e sadhu-seva. Eu não achei nenhuma diferença em siddhanta, somente um ângulo diferente de visão, e ao debater com muitos irmãos espirituais seniors que o seguem, todas as minhas duvidas foram esclarecidas.

Eu tive a boa fortuna de comparecer em muitos parikramas e receber dele muita atenção e muitas instruções pessoais que, eu sinto, me ajudaram tremendamente para aprofundar meu apego e entendimento de nosso Srila Prabhupada. Não é este o papel do siksa-guru, fazer devoto em discipulos melhores do seu diksa-guru? Eu nunca ouvi ninguém glorificando nosso Srila Prabhupada de uma maneira tão profunda e não superficial.

Eu acredito que Srila Narayana Maharaja está dando a próxima dispensação de conhecimento e misericórdia que nós precisamos para progredir mais em nosso entendimento e realização de nossos ensinamentos Gaudiya Vaisnavas.

Nosso Srila Prabhupada pediu a ele, poucos dias antes de partir, para ajudar seus discipulos, pois ele não tinha tempo para treina-los suficientemente. Maharaja tem ajudado a Iskcon tremendamente, aconselhando muitos devotos senior, salvando a Iskcon no caso da corte em Bombaim ao testemunhar. Por anos, ele se absteve de dar iniciações para membros da Iskcon desiludidos e desprivilegiados, não querendo criar nenhuma confusão na instituição de nosso Srila Prabhupada ao qual ele considerou como um amigo pessoal e entre seus siksa-gurus. Foi somente quando ele foi criticado vergonhosamente e blasfemado pela liderança da Iskcon que ele começou a dar iniciações.

Eu não entendo, ou então eu acho que eu somente entendo tão bem o porque de todas essas politicas e criticas contra ele, porque eu ouvi o mesmo contra Srila Gour Govinda Maharaja: Quando pessoas santas, gurus altamente qualificados, pregam ao redor do mundo todo, parece que estas pessoas que assumiram a posição de guru prematuramente se sentem ameaçados de serem expostos como estudantes brincando de professores próximo a professores de verdade. O resto me parece ser somente palavras e jogos politicos.

outros criticando alguém que aos 88 anos ainda está compassivamente viajando por todo o mundo para ampliar sua associação, é simplismente uma demonstraçao da sua infelicidade, que eles agravam por vaisnava-aparadha, ou uma demonstração de duplicidade disfarçada de lealdade a nosso Srila Prabhupada “não leia blasfemia; leia suas publicações, venha ver por si mesmo, associe com seus seguidores, escreva para ele para dissipar suas dúvidas.
Humildemente,

seu servo,

Bv Suddhadvaiti Swami, (antigamente Jayanta Krishna dasa ou Jayantakrid dasa)

Tradução: Ramananda Das

"SOMEONE HAS POISONED ME" Prabhupada.

seus dados