Srimad-Bhãgavatam 5-5-18

gurur na sa syãt sva jano na sa syãt
pitã na sa syãj janani na sã syãt
daivam na tat syãn na patig ca sa syãn

na mocayed yah samupeta mrtyuim


"Mesmo o mestre espiritual, o parente, o pai, o esposo ou o semideus que não puderem salvar-nos dos repetidos nascimentos e mortes deverão ser abandonados de imediato."

Pesquisar este blog

Carregando...
Just try to learn the truth by approaching a spiritual master. Inquire from him submissively and render service unto him. The self-realized souls can impart knowledge unto you because they have seen the truth. - Lord Krishna in Bhagavad-gita 4.34

PETIÇÃO JUDICIAL

PETIÇÃO JUDICIAL
STOP ADULTERAÇÃO
Considerando que nós sentimos que a maioria dos discípulos de início de Srila Prabhupada, e seguidores, nos arredores de mais de 90% - 99% consideram que as alterações aos seus livros pela BBT foi uma acção não autorizada que mudou a filosofia apresentada por Sua Divina Graça , podemos apresentar esta petição aos tribunais de que tais mudanças são uma violação da lei de direitos autorais e também não aceito pela congregação de devotos da ISKCON , mas esta adulteração foi autorizada pelo GBC.

quarta-feira, 24 de março de 2010

Vaishnava aparadha

Vaishnava aparadha – Suicídio espiritual – o caminho de uma instituição.

Este artigo é especialmente dedicado ás pessoas que tem dúvidas sobre o que é vaishnava aparadha, quem pode ser considerado vaishnava e também por que alguns grupos ou instituições estão sendo rejeitados devido a graves ofensas aos pés de lótus de reais vaishnavas do Gaudiya Vaishnavismo, sagrada missão que foi fundada por Jagad Guru Srila Bhaktissidhanta Sarasvati Goswami Prabhupada, quem é o principal seguidor e associado de Sriman Mahaprabhu.

Antes de mais nada, prestando reverências á todos os associados de Mahaprabhu que vem pregando a divina mensagem do amor divino pelo mundo, devemos compreender quem pode ser considerado Vaishnava, ou, quem pode ser chamado de Vaishnava.

No Chaitanya Charitamrta, Mahaprabhu disse: “Aquele que cantou os santos nomes de Krishna, uma só vez, pode ser chamado de Vaishnava”. Este verso tem criado uma confusão na cabeça de muitos. Para esclarecer isto, Bhaktivinoda Thakura deu sua explicação, esta se encontra na revista Rays Of Harmonist de N:20.

Ali, Srila Bhaktivinoda Thakura esclarece todos os pontos, ele diz:

“De todos os diferentes tipos de ofensas que as jivas (entidades vivas) podem cometer, nenhuma é mais severa do que Vaishnava Aparadha, então é essencial compreender o significado de vaishnava ninda de acordo com as escrituras. Isto é escrito no Skanda Purana:”

Hanti nindati vai dvesti

Vaisnavan nabhinandati

Krudhyate yati no harsam

Darsane patanani sat

Aquela pessoa tola que critica um vaishnava exaltado cai até o inferno conhecido Maha-raurava, junto com seus antepassados. Aquele que; 1- mata um vaishnava, 2- critica, 3- usa de malícia contra ele, 4- não o recebe apropriadamente ao vê-lo, 5- fica irado com ele, 6- não sente prazer ao vê-lo, certamente se degrada como resultado destes seis tipos de conduta errônea.

Por este verso, citado por Bhaktivinoda Thakura, vemos que vaishnava aparadha vai mais além do que criticar o vaishnava, até mesmo se não nos sentimos felizes ao ver tal personalidade, isto também é considerado ofensa, o que dizer de usar malícia e critica-lo?

Depois, Thakur Bhaktivinoda descreve quem pode ser realmente chamado de vaishnava. Isto esclarece o verso citado por Mahaprabhu, pois Bhaktivinoda diz que apenas aquele que cantou suddha nama , ou seja, nome puro ( e não qualquer nome) pode ser considerado vaishnava como Mahaprabhu disse. Thakur Bhaktivinoda diz ainda:

“De acordo com os ensinamentos de Sriman Mahaprabhu, aquele que murmura krishna suddha nam (nome absolutamente puro), está na categoria de ser chamado de Vaishnava. Kanisthas adhikaris são chamados de vaishnava praya, madhyama adhikaris de vaishnava tara e os uttama adhikaris(devotos puros são chamdos de vaishnavas tama, ou, reais vaishnavas.”

Assim, vemos que a palavra vaishnava, pode ser apropriadamente usada, apenas para o uttama adhikari, ou seja, o devoto de alta classe, o maha bhagavata, ou devoto puro e não qualquer outro tipo de devoto. Esta e a conclusão dada Por Thakur Bhaktivinoda.

Infelizmente algumas instituições ou grupos, estão não apenas degradando a imagem do seu Acharya fundador, o qual o mais conhecido é Bhaktivedanta Swami Prabhupada, mas também estão se arruinando e também arruinando a vida dos outros, por cometerem tantas vaishnavas aparadhas contra devotos realmente puros como Srila Bhakti Rakshak Sridhar-dev Goswami Maharaj, Srila Bhakti Promode Puri Goswami Maharaj, Srila Bhakti Vaibhava Puri Goswami Maharaj, Srila Bhaltivedanta Narayan Goswami Maharaj e tantos outros santos auto realizados. Como Bhaktivinoda descreveu, o rumo que estas pessoas estão tomando é muito horripilante e sério. Os aspirantes sinceros na busca por Sri Krishna, hão de realizar este fato.

Sem associação com reais sadhus, devotos puros, ninguém pode avançar na Consciência de Krishna. Srila Prabhupada disse uma vez. “Busquem sempre a associação de devotos elevados, só assim vocês podem fazer algum progresso.”

Srila Rupa Goswami colocou sadhu-sanga como um dos cinco mais importantes processos de bhakti.

Infelizmente, os então chamados discípulos de Swamiji, proíbem seus discípulos(os quais acham ser sua propriedade) de até mesmo ver os devotos puros. Parece que o medo de perder suas propriedades é muito grande.

Um discípulo de Swami Prabhupada, chamado Isa das prabhu escreveu:

“Não há consciência de krishna na iskcon desde 1977, o ano que Swami Prabhupada deixou o planeta. Como pode isto acontecer, que uma instituição permite que 85 por cento de suas crianças sejam estupradas? E quando os pais vão ao tribunal, eles dizem á elas para não fazer nada, que eles vão sustenta-la com dinheiro a vida toda e que estes casos devem ser vistos apenas pelo próprio gbc?”

Então, temos que acabar com esta visão de “movimento hippie, mentalidade hippie”, o movimento de Sri Chaitanya Mahaprabhu é muito mais que isso, é a sagrada missão do amor divino que fluiu através de Bhaktissidhanta Sarasvati Thakura, o fundador da Gaudiya Math.

Aí surge argumentos: “Mas foi Prabhupada que fundou a Iskcon. Ele é o único Acharya”. Qualquer pessoa sincera e que possui uma visão não sectária e destemida vai perceber que isto é sectarismo fanático e cego. Fez Srila Prabhudada aprender toda a filosofia Gaudiya Vaishnava sozinho? Ele criou uma coisa que nunca havia tido antes na terra? Ele tomou sanyassi por conta própria também? Ele teve um guru? Teve também siksha Gurus? Se estudamos a vida de Swami Prabhupada como ela foi, e analizamos suas palavras veremos que há muita coisa há se explicar sobre a vida dele. Uma vez ele disse: “isto que eu estou dando á vocês, não é coisa nova. O próprio Krishna ensinou isso á Brahma, Brahma á Narada e assim por diante, até chegar no meu guru Srila Prabhupada Sarasvati Thakura”.

Infelizmente as pessoas ignoram este fato. Srila Bhaktivedanta Swami Prabhupada recebeu iniciação de Jagad Guru Bhaktissidhanta Sarasvati Thakur, aceitou Srila Bhakti Rakshak Sridhar Maharaj como seu siksha guru(o qual deve ser respeitado da mesma forma que o diksha), e tomou sanyassi com Bhakti Prajnana Keshava Goswami Maharaj, quem é o guru de Bhaktivedanta Narayan Goswami Maharaj. Srila Bhaktivedanta Narayan Goswami Maharaj o ensinou a vestir sua kaupin(roupa interna) a usar a danda etc.. e á pedido de Srila Prabhupada foi ele também quem fez seu samadhi(cerimônia fumeral). Tudo isto está escrito em livros, conversas gravadas de Srila Prabhupada em fitas k7. Ninguém pode negar isso.

Pode também agora surgir na mente das pessoas, que tal artigo é uma ofensa aos devotos desta tal instituição e que isto é perda de tempo. Por que não nos preocupamos somente em cantar os santos nomes? Não é esta a ordem de Mahaprabhu? Bhaktivinoda Thakura (Rays of harmonist n:20) explica também sobre este ponto.

“Quando, por motivo de encorajar outros a aceitar o refúgio dos pés de lótus de um verdadeiro vaishnava, abandonando o falso(os assim chamados pregadores da religião), tal pessoa não comete nem vaishnava aparadha(ofensa ao vaishnava) e nem tampouco vaishnava ninda(sadhu ninda). Em tais casos, até mesmo a crítica direcionada á uma especifica pessoa(ou instituição) está livre de faltas. Estes são exemplos de criticar com motivo apropriado.”

Assim, com estas palavras de Thakur Bhaktivinoda, podemos entender que alertas como estes citados acima, são ao invés de críticas, uma ato de misericórdia para com os inocentes, e aspirantes pela verdade e não são de forma alguma “ofensas”como muitos pensam que é.


Fica aqui então, este alerta ás pessoas que realmente desejam praticar bhakti-yoga sob a guia de um guru fidedigno, ou seja, aquele devoto puro que realmente viu a verdade e é capaz de ajudar outros a vê-la, corram atrás dele, sem demora e sem medo de ser feliz.

Sadhu sanga sadhu sanga sarva sastre kay

Lava matra sadhu sanga sarva siddhi hay

Apenas um momento de associação com um real santo, a pessoa pode conseguir o sucesso em sua vida. Esta é a conclusão dos sastras védicos”


Brahma Madhva Gaudiya Vaishnava sampradaya Ki Jay Ho!

Baladeva Das Brahmacari

"SOMEONE HAS POISONED ME" Prabhupada.

seus dados