Srimad-Bhãgavatam 5-5-18

gurur na sa syãt sva jano na sa syãt
pitã na sa syãj janani na sã syãt
daivam na tat syãn na patig ca sa syãn

na mocayed yah samupeta mrtyuim


"Mesmo o mestre espiritual, o parente, o pai, o esposo ou o semideus que não puderem salvar-nos dos repetidos nascimentos e mortes deverão ser abandonados de imediato."

Pesquisar este blog

Carregando...
Just try to learn the truth by approaching a spiritual master. Inquire from him submissively and render service unto him. The self-realized souls can impart knowledge unto you because they have seen the truth. - Lord Krishna in Bhagavad-gita 4.34

PETIÇÃO JUDICIAL

PETIÇÃO JUDICIAL
STOP ADULTERAÇÃO
Considerando que nós sentimos que a maioria dos discípulos de início de Srila Prabhupada, e seguidores, nos arredores de mais de 90% - 99% consideram que as alterações aos seus livros pela BBT foi uma acção não autorizada que mudou a filosofia apresentada por Sua Divina Graça , podemos apresentar esta petição aos tribunais de que tais mudanças são uma violação da lei de direitos autorais e também não aceito pela congregação de devotos da ISKCON , mas esta adulteração foi autorizada pelo GBC.

sexta-feira, 26 de fevereiro de 2010

ISKCON e Srila Narayana Maharaj


.
A todos os vaisnavas e vaisnavis aceitem minhas mais humildes reverências!



(na foto acima Srila Bhaktivedanta Narayana Maharaj conferindo a instalação da Murti oficial de Srila Prabhupada)


A ordem final de Prabhupada: Sobre a ISKCON e Srila Narayana Maharaj.

Enviado por Jadurani dasi (Syamarani DD)

No momento atual há uma controvérsia sobre se os devotos que se consideram seguidores de Srila Bhaktivedanta Swami Prabhupada deveriam ou não receber a guia espiritual de Srila Bhaktivedanta Narayana Gosvami Maharaj. O seguinte é a uma transcrição, traduzida de uma fita cassete com uma conversa em Bengali entre Srila Prabhupada e Srila Narayna Maharaj sobre este tópico. Nessa fita-cassete, feita em Outubro-Novembro de 1977, nós ouvimos do próprio Srila Prabhupada a respeito de sua ordem final, falada com suas últimas respirações. Visto que a conversa original está em Bengali, com somente algumas pequenas partes em inglês, é, portanto uma fita-cassete que você nunca ouviu antes. Nossos respeitáveis leitores ficarão satisfeitos ao ver nessa transcrição que Srila Prabhupada pessoalmente ordenou Srila Narayana Maharaj para dar condução espiritual para seus discípulos e seguidores, e que ele quer seus discípulos e seguidores aceitem esta condução. O cassete foi gentilmente doado pelos arquivos da BBT.

[Srila Prabhupada]: Srila Narayana Maharaj. Ele virá amanhã?

[Tamal Krsna Gosvami]: Ele virá quando nós (discutindo com os outros). Se nós o pegarmos, ele pode vir a noite.

[Srila Prabhupada]: Hmm.

[Tamal Krsna Gosvami]: Se nós formos agora de carro. Bhakticaru está indo agora de carro. Maharaja pode vir à noite.

[Alguém começa a cantar govindam adi purusam...]

[Tamal Krsna Gosvami]: Sim, nós deveríamos ligar o ventilador um pouco? Um pouco.

[A conversa com Srila Narayana Maharaja começa]

[Srila Prabhupada]: Srila Prabhupada [Bhaktissidhanta Sarasvati] disse que nós deveríamos pregar no mundo todo - na Europa, America. Eu tentei meu máximo para realizar seu desejo. Agora nós devíamos pregar juntos.

[Srila Narayana Maharaja]: Sim

[Srila Prabhupada]: Nós temos a experiência que se nós nos empenharmos coletivamente, há uma grande possibilidade de espalhar a mensagem de akara matha: a missão de Mahaprabhu, 'prithvi te ache, no mundo todo. Eu contribui para isso com o melhor da minha capacidade.

[Srila Narayana Maharaja]: Hmm.

[Srila Prabhupada]: Eu desejo que meus irmãos espirituais perdoem as minhas ofensas. Enquanto pregamos, muitas vezes nós dizemos coisas contrárias uns para os outros, ou nós cortamos os argumentos filosóficos dos outros. Isso acontece. Por favor, peça a meus irmãos espirituais para perdoar minhas ofensas. (inaudível)

[Srila Narayana Maharaja]: Tudo bem.

[Srila Prabhupada]: (inaudível)

[Srila Narayana Maharaja]: O que quer que você me ordene, eu irei aceitar completamente. Eu lhe considero meu guru.

[Srila Prabhupada]: (inaudível)

[Srila Narayana Maharaja]: Tem sido feito muito belamente. Esta é a maneira correta. É bom que você tenha levantado este ponto – que todos deveriam proteger a missão de Mahaprabhu que você estabeleceu nos paises ocidentais, por boa cooperação. Apesar de você já os ter ensinado, ainda assim, no futuro, se todos ajudarem, um movimento maravilhoso pode ser estabelecido na Terra.

[Srila Prabhupada]: (inaudível)... Eu trouxe estes mlecchas e yavanas. Eles são como macacos (banaras), muitos peritos em brigar. Aceitando estes que foram mandados a mim pelo arranjo de Krsna, e considerando suas qualificações, e desqualificações, eu tentei educa-los, somente para que as coisas fossem indo. Eles aprenderam em sua capacidade. As coisas podem ser feitas em boa cooperação. Há terras suficientes, templos grandes, muito grandes, e não há falta de dinheiro... (inaudível)

[Srila Narayana Maharaja]: É apropriado a todos ajudarem nesse assunto. Tudo será ainda melhor se eles estiverem também humildes e tentarem cooperar com todos, e também com outros Vaisnavas. Eu farei meu melhor para ajudar. Sempre e o que quer que eles me chamem, qualquer conselho que eles queiram, aonde quer que eles possam querer que eu vá, apesar de que minha qualificação é limitada, eu tentarei ajudar com o máximo de minha capacidade.

[Srila Prabhupada]: Há algum de meus irmãos espirituais agora em Vrndavana?

[Srila Narayana Maharaja]: Sim.

[Srila Prabhupada]: Quem?

[Srila Narayana Maharaja]: Van Maharaja pode estar lá, bem como Indupati Prabhu da Caitanya Gaudiya Matha.

[Srila Prabhupada]: Alguém mais?

[Srila Narayana Maharaja]: Somente esses dois no momento.

[Srila Prabhupada]: Quem é Indupati?

[Srila Narayana Maharaja]: Indupati. Ele vêem aqui freqüentemente.

[Bhakticaru Swami]: Da matha de Madhava Maharaja?

[Srila Narayana Maharaja]: Sim. Mais ninguém.

[Srila Prabhupada]: Por favor, chame ambos. Van Maharaja e ele.

[Srila Narayana Maharaja]: Esta sua proposta é muito boa.

[Srila Prabhupada]: Por favor, sente-se. Eles irão chamá-los.

[Srila Narayana Maharaja]: Tudo bem.

[Srila Prabhupada]: Este corte de argumentos acontece algumas vezes...

[Srila Narayana Maharaja]: São assuntos insignificantes em uma missão mundial. Pouca coisa e sem conseqüência nenhuma. Você fez este maravilhoso trabalho de pregação para beneficio do mundo inteiro. Não houve nenhum interesse próprio, Você fez tudo somente em serviço devocional para Krishna – pelo beneficio de todas pessoas em geral.

[Srila Prabhupada]: Foi pela suas bênçãos.

[Srila Narayana Maharaja]: Você fez algo maravilhoso. É necessário cuidar e preservar esta missão, e ver que ela é administrada habilmente.

[Srila Prabhupada]: GENTILMENTE INSTRUA-OS NESSE ASSUNTO. Eu não posso falar.

[Srila Narayana Maharaja]: Sim. Por favor, descanse.

[Srila Prabhupada]: Por favor, sente um pouco mais..

[Srila Narayana Maharaja]: Sim. Eu estou aqui.

[Srila Prabhupada]: Sua saúde está boa?

[Srila Narayana Maharaja]: Sim. Por favor, mantenha-se lembrando de Krsna. Estes são homens qualificados. Eles irão administrar bem.

[Srila Prabhupada]: Há um certo problema (perturbação) em Mayapura.

[Srila Narayana Maharaja]: Isso será resolvido. Os gundas fizeram isso por motivos egoístas. Tudo ficará bem. Alguns obstáculos estão lá em qualquer serviço.

[Srila Prabhupada]: Vinte mil pessoas reunidas para o encontro. Você ouviu alguma coisa sobre isso?

[Srila Narayana Maharaja]: Sim, eu ouvi algo. Foi doloroso. As pessoas do partido comunista fizeram esta coisa sem sentido. Eles fizeram as maiores injustiças. Agora esteja livre para pacificamente se lembrar de Sri Radha-Krsna e seus doces passatempos. Seu pessoal vai cuidar das necessidades. Tudo ficará bem pelo desejo do Senhor Supremo, Sri Krsna. Não há necessidade de pensar sobre isso.

[Srila Prabhupada]: Hmm.

[Srila Narayana Maharaja]: Não se preocupe.

[Srila Prabhupada]: Você tem alguma afeição por mim? [Esta é uma expressão Indiana de amor.]

[Srila Narayana Maharaja]: Afeição! O que falar de afeição, eu lhe considero como meu guru.

[Srila Prabhupada]: Eu sei disso. É por isso que peço que você, por favor, perdoe as minhas ofensas.

[Srila Narayana Maharaja]: Por favor, bondosamente perdoe nossas ofensas, para que nossa inteligência possa estar fixada nos pés de lótus de Krsna. Por favor, nos dê essa benção.

[Srila Prabhupada]: Onde está...

[Srila Narayana Maharaja]: Ele foi para a Bengala.

[Srila Prabhupada]: Quando ele foi?

[Srila Narayana Maharaja]: Ele foi a um mês atrás. Sesasayi veio comigo para receber seu darshan. Ele lhe realizou alguns serviços.

[Srila Prabhupada]: Brahmachari?

[Srila Narayana Maharaja]: Sim Sesasayi Brahmacari. Algumas vezes ele cozinhou para você.

[Srila Narayana Maharaja fala com os outros devotos em Hindi]: Ele cozinhava para Swamiji quando ele estava em Mathura.)

[Srila Prabhupada]: Onde está Tamal?

[Devoto]: Ele está vindo, Srila Prabhupada. Ele está em outro cômodo.

[Srila Prabhupada]: (inaudível)

[Srila Narayana Maharaja]: Sim, eu posso ver isto. É muito bom que você retornou do exterior para Vraja.

[Srila Prabhupada]: Eles queriam me manter lá, mas eu disse, “Não”. Minha saúde não está adequada para quaisquer outras viagens...

[Tamal Krsna Gosvami entra no quarto]

[Srila Prabhupada]: Você se consultou com Narayana Maharaja?

[Tamal Krsna Gosvami]: Sim. Esta manhã. Bhakticaru Swami, Bhaktiprema Swami and Sridhara Swami foram vê-lo, e Narayana Maharaja descreveu a cerimônia.

[Srila Narayana Maharaja]: Eu lhes contei tudo o que tem que ser feito. Eu disse, “O que quer que vocês necessitem de mim, eu virei aqui”.

[Srila Prabhupada]: (inaudível)...Quando você entra no portal do lado direito?

[Tamal Krsna Gosvami]: Na entrada do lado esquerdo. Ao entrar do lado esquerdo, olhando para as Deidades. Em outras palavras, quando você vem ao templo. Há uma grande abertura...

[Srila Prabhupada]: Você coloca sal ao redor do meu corpo.

[Srila Narayana Maharaja]: Eu expliquei tudo a eles.

[Tamal Krsna Gosvami]: É no mesmo lado da vyasasana.

[Srila Prabhupada]: As flores devem ser colocadas em Mayapura.

[Srila Narayana Maharaja]: Eu lhes falei para manter umas flores, e qualquer que seja seu desejo estas podem ser...

[Srila Prabhupada]: Você estará lá.

[Srila Narayana Maharaja]: Sim, eu estarei lá.

[Tamal Krsna Gosvami]: Ele descreveu toda a cerimônia em detalhes, Srila Prabhupada.

[Srila Prabhupada]: (inaudível) Sesasayi tomou sannyasa?

[Srila Narayana Maharaja]: Não. Ele ainda é brahmacari.

[Srila Narayana Maharaja]: Todos os seus deveres estão completos. Você realizou tudo em sua vida. Não há necessidade de se preocupar com nada. Somente se lembre dos pés de lótus de Sri Radha-Krsna.

[Srila Prabhupada]: Somente pelas suas bênçãos.

[Srila Narayana Maharaja]: Sim, você fez tudo. Nada está sendo deixado interminado.

[Srila Prabhupada]: Hm.

[Srila Narayana Maharaja]: Somente uma coisa. Eles devem ser avisados a não brigarem uns com os outros por interesse próprio. Eles deveriam trabalhar em cooperação para espalhar a sua missão.

[Srila Prabhupada]: Não brigue entre vocês. Eu já lhes deixei minha vontade. Executem isso... Hoje é Ekadasi?

[Srila Narayana Maharaja]: Sim, hoje é Ekadasi.

[Srila Prabhupada]: Como vai o serviço a Mahaprabhu?

[Srila Narayana Maharaja]: Hmm.

[Srila Prabhupada]: De Jhansi. Agora ele está na sua região.

[Srila Narayana Maharaja]: Sim, seu Mahaprabhu está comigo. Seu serviço está sendo bem feito, com muita afeição.

[Srila Prabhupada]: Primeiramente, eu estava tentando fazer alguma coisa em Jhansi, mas Krsna tinha planos maiores. Nós recebemos tantos lugares.

[Srila Narayana Maharaja]: Porque você deveria ficar confinado a Jhansi? Krsna queria que você pregasse em todos os lugares.

[Srila Prabhupada]: Eu queria viver como um niskincana Vaishnava em Vrindavan; mas Krsna me inspirou a ir e pregar com a idade de setenta anos e somente com quarenta rúpias no meu bolso. E então se tomou uma forma grandiosa.

[Srila Narayana Maharaja]: Sim, você recebeu a misericórdia especial de Sri Rupa Gosvami, e também de Sri Radha-Damodara.

[Srila Prabhupada]: (inaudível)

[Srila Narayana Maharaja]: Você tem qualquer dor no seu corpo?

[Srila Prabhupada]: É tão tão.. (inaudível)

[Srila Narayana Maharaja]: (fala para os devotos:) Dê a ele caranamrta quando ele sentir sede. Também mantenha algumas folhas de tulasi sob sua cabeça.

[Srila Prabhupada]: Yei bhaje sei bado.[Este é um verso do Sri Caitanya Caritamrta:] "Alguém que adora a Krsna é exaltado."

[Srila Narayana Maharaja]: Hmm. Sei bado. "Ele é exaltado."

[Srila Prabhupada]: Abhakta hina char. "Alguém que não é devoto é de baixa classe e abominável."

[Srila Narayana Maharaja]: Char. "Abominável."

[Srila Prabhupada]: (inaudível)

[Srila Narayana Maharaja]: Eles são afortunados. Se alguém tem devoção unidirecionada ao Senhor Hari, então, mesmo que ele tenha algumas faltas, "api cet suduracaru bhajate mam ananya bhak, sadhur eva sa mantavya samyak vyavasthito hi sa". Este é o principio.

[Indupati prabhu entra no quarto]

[Indupati prabhu]: Hare Krishna.

[Srila Narayana Maharaja]: Por favor, venha. Van Maharaja também veio?

[Indupati prabhu]: (inaudível)

[Srila Narayana Maharaja]: Indupati prabhu veio

[Srila Prabhupada]: Narayana Maharaja lhe chamou a meu pedido. Eu estava dizendo a Narayana Maharaja que eu peço perdão a vocês todos...

[Indupati prabhu]: Hmm...

[Srila Narayana Maharaja]: (falando suavemente para Indupati prabhu.) Maharaja está tendo dificuldade em falar. Eu irei lhe falar.

[Srila Prabhupada]: Eu peço perdão pelas minhas ofensas. Eu não queria ofender ninguém. Enquanto pregamos às vezes nós cortamos os argumentos uns dos outros...

[Srila Narayana Maharaja]: (ele está explicando suavemente para Indupati prabhu o desejo de Srila Prabhupada.)

[Srila Prabhupada]: Você irá me perdoar?

[Srila Narayana Maharaja]: (para Indupati Prabhu) Você irá?

[Srila Narayana Maharaja]: (para Srila Prabhupada) Maharaja, você não cometeu nenhuma ofensa. Por favor, seja misericordioso conosco. Você não cometeu nenhuma ofensa.

[Indupati prabhu]: (inaudível)

[Srila Narayana Maharaja]: Se alguém considera que você cometeu uma ofensa, então ele mesmo está errado.

[Srila Prabhupada]: Hmm...?

[Srila Narayana Maharaja (falando suavemente para to Indupati prabhu sobre Srila Prabhupada)]: Ele acabou de retornar de Londres.

[Srila Prabhupada]: Eles tinham organizado uma turnê mundial, mas eu tive que voltar...

[Srila Narayana Maharaja]: Eu irei falar para os discípulos de Srila Prabhupada (Bhaktisiddhanta Sarasvati Thakura) que não estão aqui, sobre o seu desejo. Todos devem ajudar e dar a eles (seus discípulos) a condução necessária para que eles possam administrar bem. Por favor, não se preocupe com nada. Se lembre somente dos pés de lótus de Sri Radha-Krishna.

[Srila Prabhupada]: Por favor, os conduza em organizar os festivais apropriadamente e dar doações apropriadas aos gosvamis.

[Srila Narayana Maharaja (para Bhakticaru Svami)]: Você entendeu o que ele está dizendo?

[Bhakticaru Svami]: Sim. (Ele fala suavemente com Srila Narayana Maharaja.)

[Srila Narayana Maharaja]: Eu tenho um pedido especial. Por favor, não se preocupe mais sobres esses assuntos. Eles são qualificados e eles conhecem seus desejos. Agora, pense somente em Krsna. Tudo será cuidado. Você fez o mundo inteiro dançar em Krsna Nama.

[Srila Narayana Maharaja]: Eu irei sair agora.

[Srila Prabhupada]: Primeiro tome alguma prasada.

[Srila Narayana Maharaja]: Sim, eu vou tomar.

[Bhakticaru Svami]: Srila Prabhupada, eu estou preparando.

[Srila Narayana Maharaja sai]

* * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * *
[O crédito para a tradução é devido aos esforços de Sripad Madhava Maharaja, Sripad Krsna Kanthi dasa brahmacari, e Sripad Tanmoy Chakravarty. Apesar do volume do cassete original ter sido melhorado por tecnologia digital para facilitar os tradutores, ainda algumas partes permaneceram inaudíveis, e na transcrição acima elas ficaram classificadas como tal.]

Tradução: Ramananda Das

Todas as glórias aos devotos reunidos!

Jay Srila Prabhupada!

Jay Gurudeva!

Goura Premanande!


"SOMEONE HAS POISONED ME" Prabhupada.

seus dados